banner-paginas-FOTO-SITE-ESTETO.jpg

←Blog

 
ASSIS CARE

Pessoas cuidando de pessoas

  • marceloavila-00

Atendimento Psicológico e Psiquiátrico disparam em Porto Alegre

Atualizado: Ago 18



A Busca por Assistência Psicológica na Cidade Gaúcha está formando filas e provocando uma inflação nos preços desses profissionais de Saúde tão requisitados.


Segundo o Médico Psiquiatra Marcos Paulo Betinardi, a busca por atendimento relacionado a Saúde Mental mais que dobrou em Lares de Idosos, onde é dedicado a maior parte dos seus atendimentos.

O Dr. faz um alerta para sequelas de possíveis doenças mentais oriundas da Pandemia e mostra preocupação com um rápido retrocesso no quadro de Saúde dos idosos.


Relata ainda, uma piora na Saúde dos seus pacientes de modo geral, possíveis consequências do atraso na realização dos exames, devido à superlotação dos hospitais, contribuindo dessa forma para um tratamento tardio.


Outro fator mencionado pelo Médico, é que o estresse mental causado pela Pandemia está desencadeando um reflexo negativo no sistema imune, sendo, dessa forma, um promotor para outras doenças e enfermidades.


No entanto, tratar sobre esse tema no contexto de um período atípico de Pandemia é um dever profissional igualmente essencial, tendo em vista que a individualidade e os significativos prejuízos serão refletidos em toda a geração atual e futura.


Para o Médico, não se deve deixar de citar, também, que diante do cenário que estamos vivendo, atualmente, existe o desgaste dos profissionais de Saúde com os familiares, pelo fato de não haver ainda uma boa compreensão da doença Covid-19 e as suas repercussões.


Assim sendo, é indiscutível, que os Cuidados devem ser de todos, e não apenas com o vírus, mas à saúde como um todo, e principalmente, a Saúde mental.

Saúde mental em meio a Pandemia da Covid-19



De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), 89,2% dos pacientes já em tratamento tiveram uma piora de quadro Psiquiátrico devido à Pandemia.


Especialistas alertam que as sequelas deixadas por esse momento tão conturbador aos pacientes, podem causar efeitos negativos até mesmo a longo prazo.


Assim, transformando o contexto em números, um estudo divulgado pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), apontou um crescimento assustador de 17% nas vendas dos antidepressivos e estabilizadores de humor em 2020, quando comparado ao ano de 2019.


Os Cuidados que devemos ter com a Saúde Mental devem ser estimulados e equilibrados com mudanças no estilo de vida e práticas de atividade física.


Vale lembrar, que exercícios ao ar livre são uma forma de controle da ansiedade sem efeitos colaterais, fácil acesso e com disponibilidade ilimitada.


Ansiedade e depressão: doença do século XXI


Devido ao cotidiano estressante em que vivemos submersos, já havia discussões sobre uma tendência ao aumento desses acometimentos psicológicos antes mesmo da Pandemia, mas o isolamento social e o desespero de uma doença nova desconhecida atuou como um gatilho.


Ansiedade e medo estão diretamente ligados a uma possibilidade de ameaça, sendo o medo momentâneo e a ansiedade emergente do futuro.


No entanto, há de se considerar, que para o ser humano a ansiedade é algo instintivo e, na ausência de exagero e reflexos negativos na qualidade de vida, pode atuar como uma arma de defesa importante.


É incontestável, que na presença comum de problemas financeiros, familiares, profissionais e acrescidos, ainda, ao medo atual de contrair um vírus com taxa importante de letalidade e morbidade, ocorreria esse aumento no número de pessoas com transtorno mental.

Cuidados com a Saúde dos idosos



Os idosos pertencem a um dos grupos de maior acometimento psicológico, pois além de estarem mais expostos quanto a letalidade do vírus, devido sabidamente possuírem baixa imunidade; por vezes são privados do contato com seus entes queridos.


Sendo este afastamento do convívio social um fator promotor para uma piora clínica importante, alerta o Médico Marcos Paulo Betinardi.


A terceira idade pertence a uma geração nada adepta ao meio digital, imersa em escombros de uma doença mental real e consequentemente, impelida a buscar e promover novos hábitos, principalmente o de se relacionar.


Posto isto, uma maneira de amenizar as consequências das ausências na vida cotidiana do idoso são as ligações por vídeo chamadas, no momento atual uma ótima solução, que devem ser estimuladas como uma forma de acalentar emocionalmente, pelo menos durante a necessidade de ausência do contato humano como uma forma de proteção.


O Cuidador de idosos Marco Antônio que trabalha em uma empresa de Home Care em Porto Alegre, relata que passou a ser rotina, auxiliar sua paciente a usar o tablete que ganhou de presento dos netos, logo após sua paciente ter sido diagnosticada com depressão.

Como saber se estou com depressão?


O principal sintoma da depressão, é a mudança de comportamento com relação ao humor, a falta da vontade de realizar algumas rotinas que antes eram feitas com alegria, passam a não fazer mais sentido algum para a pessoa deprimida, caso isso ultrapasse 14 dias, já é recomendado a procura de um médico.


A empresa de Home Care


Os Cuidadores de idosos da empresa de Home Care Assis Care prestam um atendimento focado na preservação da Saúde Mental do paciente, cuidados estes de Saúde que não se limitam apenas com o vírus.


A importância de estimular os idosos em aderir aos meios digitais, passou a ser uma rotina dos Cuidadores de idosos da Home Care, promovendo dessa forma, qualidade de vida e um envelhecimento saudável. Conheça nossos serviços! Saiba Valores.

Médico

DR. Marcos Paulo Betinardi

Médico Psiquiatra Psicogeriatra

Pós-Graduado em Geriatria e Gerontologia

Pós-graduado em Neurologia Vascular

CREMERS 33222




674 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo