banner-paginas-FOTO-SITE-ESTETO.jpg

←Blog

 
ASSIS CARE

Pessoas cuidando de pessoas

  • marceloavila-00

Conheça 08 exercícios para memorização

Atualizado: há 13 horas



O mal do esquecimento atinge não somente os idosos! Apresentaremos nesse post algumas dicas importantes para memorização e quais exercícios praticar dentro de casa.


Um dos maiores desejos da população é ter um envelhecimento saudável, estudos comprovam cada vez mais que nossos hábitos na juventude terão alguns reflexos no futuro, por isso fala-se cada vez mais sobre a importância de bons hábitos em nosso cotidiano.


A medida que a idade avança, os esquecimentos passam a ser cada vez mais constantes, podendo até mesmo ser confundindo com Alzheimer, uma doença bastante comum na terceira idade.


Segundo o Médico Neurologista Lucas Schilling, pesquisador do instituto do cérebro do Rio Grande do Sul, explica que, normalmente a perda de memória passa a ser mais perceptível após os 50 anos.


O Neurologista afirma ainda que, uma pessoa intelectualmente ativa, com hábitos de leitura constantes, por exemplo, possui uma tendência de retardar esse processo.


A formação de memória está ligada a uma série de fatores, que sofrem forte influência com os nossos estímulos, como por exemplo, o estresse, uma noite mal dormida ou até mesmo ligado ao quadro clínico de saúde.


Por isso ressalta-se os cuidados para manter a mente sempre ativa na juventude, pois sabe-se que os hábitos que adotamos hoje, terão um reflexo na velhice.


Os exercícios para memória são cruciais para quem busca evitar uma atrofia cerebral, um estilo de vida saudável somada a uma boa alimentação passa a ser fundamental.



Exercícios para a memória


1. Comer alimentos diferentes do habitual, estimulando assim o paladar.

2. Praticar jogos de raciocínio lógico, como xadrez, palavras cruzadas ou até mesmo montar um quebra cabeça.

3. Realizar atividades físicas de forma leve e moderada contribuem para formação de novos neurônios, um processo chamado de neurogênese no hipocampo adulto.

4. Percorrer caminhos diferentes do cotidiano, procurar frequentar locais nunca antes visitados.

5. Entrar no quarto com as luzes apagadas, estimulando a lembrar onde estão os objetos ali deixados.

6. Interação e socialização são importante, pois estimula o cérebro a estar em funcionamento.

7. Alterar sua rotina e explorar atividades diferentes.

8. Ler e escrever é um forte aliado a memorização, de preferência contar a terceiros sobre a leitura.


Os exercícios para memorização possuem inúmeros benefícios para saúde como um todo, pois contribuem para redução do estresse, estimulam a concentração, aumento da inteligência, melhora do humor e até mesmo da autoestima.

Cuidados com a perda de memória entre os idosos



É extremamente normal pessoas saudáveis possuírem falha de memória, mas no momento que esses lapsos passam a ser mais constantes e isso passa a causar prejuízos, é importante procurar orientação médica para investigar o diagnóstico.


Entenda que mesmo com uma idade avançada, os estímulos cerebrais devem fazer parte da rotina, do cotidiano, pois assim como a musculatura corporal, o cérebro deve ser trabalhado constantemente


Idosos que não realizam nenhuma atividade intelectual, possivelmente terão uma perda acentuada da capacidade cognitiva, tornando mais exposto a um regresso de forma clínica.


No processo do envelhecimento, é natural que os idosos venham a sofrer de uma forma mais branda desse problema do esquecimento, mas que em alguns casos, isso se avança para o mal de Alzheimer.


A Home Care


Os Cuidadores de idosos da Home Care Assis Care realizam atividades diárias para o fortalecimento da memória de nossos pacientes, seguindo uma rotina de atividades que é orientada à nossa equipe de saúde, buscando proporcionar qualidade de vida e um envelhecimento saudável.

156 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo