banner-paginas-FOTO-SITE-ESTETO.jpg

←Blog

 
ASSIS CARE

Pessoas cuidando de pessoas

  • Carolina Behle Chaves

Cuidados na alimentação devem ser priorizados em tempos de pandemia

Atualizado: Mai 25



Imunidade baixa em casos de infecção da COVID-19 podem representar perigo a Saúde do idoso, é o que explica a Nutricionista Carolina Behle.


Cuidados na alimentação nunca foram tão importantes, principalmente quando o cenário é de Pandemia, em que uma alimentação balanceada pode fazer toda diferença no quadro de Saúde do paciente contaminado.


O abandono do suporte nutricional em tempos de pandemia pelos idosos que fazem parte do Grupo de Risco, podem acarretar em maior probabilidade de complicações graves, caso o organismo esteja com déficit nutricional, por isso da importância de manter hábitos saudáveis passam a ser um forte aliado no combate às doenças de forma preventiva.

Estudos brasileiros coordenados pela universidade de São Paulo (USP), apontaram que o fator da obesidade até mesmo nos jovens, eleva o risco de letalidade tanto quanto ao nível de um paciente idoso.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) vem defendendo o isolamento social como medida de frear a transmissão da COVID-19, abrindo caminho assim para consultas online.


Uma das consequências que tivemos com as medidas de isolamento social foi ver o mundo nunca tão conectado que em qualquer outro momento da história.


Cuidados com a Imunidade

A baixa exposição ao sol com as medidas de isolamento social afeta diretamente a produção da vitamina D no organismo.


Observamos que a população de algumas cidades já não sofrem tanto com esse problema quando o assunto é exposição ao sol, é o caso de São Luís MA, se comparado ao inverno de Curitiba PR.


Vitamina D


Déficit dessa vitamina pode ser dada pela baixa exposição ao sol e suas principais fontes de alimentos são os peixes, frutos do mar, carnes, ovos, queijo, leite, cogumelos, fígado, ostra, entre outros.


Vitamina C


Nutrientes que oferecem uma forte resposta imunológica, são encontrados na composição da laranja, limão, cebola, pimenta, tomate, entre outros.



Para a nutricionista, um plano alimentar deve ser montado de forma específica a faixa etária e o quadro clínico do paciente, seja para crianças, adultos, idosos ou até mesmo gestantes.


As vantagens de tratar o paciente dentro de casa, outro meio encontrado para o atendimento de forma segura, também contribui para a diminuição do risco de infecções.


O trabalho do Cuidador de idosos no tratamento do paciente Domiciliado é de extrema importância e envolve uma série de rotinas e serviços.


Serviços multidisciplinares que envolvem uma gama de profissionais de saúde são fundamentais para qualidade de vida do paciente, que vão desde o cuidador, técnico de enfermagem, serviço de fisioterapia, nutricionista, psicóloga e atendimento médico.


Consulta Online


Segundo a Nutricionista Caroline Behle, as medidas de isolamento social fizeram o atendimento online crescerem exponencialmente nos últimos meses.


Os idosos que fazem parte do grupo de risco passaram a adotar cuidados redobrados se comparado aos mais jovens, isso devido a letalidade ser bem maior a essa parcela da sociedade.


Atendimento Nutricional



Dentre os cuidados citados, a Nutrição Domiciliar ou o acompanhamento por videoconferência tem um papel fundamental para os idosos.


Esse atendimento de Saúde visa promover a recuperação e manutenção do estado nutricional, das reservas corporais de massa muscular, fortalecimento do sistema imunológico, entre vários outros benefícios.


Desta forma, faz-se necessário que haja uma avaliação e acompanhamento para realização de triagem e determinação de diagnóstico nutricional, para que então se estabeleça um programa de alimentação de acordo com suas necessidades.


Cuidados com os idosos


Assis Care é uma empresa de Cuidadores de idosos em Porto Alegre que oferece atendimento Nutricional Domiciliar ou até mesmo por Videochamadas.


Com o aumento de casos da COVID-19, os Cuidados Domiciliares vem crescendo em Porto Alegre, e um dos motivos é a diminuição do risco de contaminação que esse serviço oferece.


Carolina Behle Chaves

Mestre em Gerontologia Biomédica

Especialização em Nutrição em Oncologia

CRN 6422

143 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo