banner-paginas-FOTO-SITE-ESTETO.jpg

←Blog

 
ASSIS CARE

Pessoas cuidando de pessoas

  • marceloavila-00

Mal de Parkinson: conheça os sintomas, sinais e tratamento

Atualizado: Jul 24



Saiba os Cuidados que devemos ter com essa doença, que atinge grande parte dos idosos e que vão muito além dos tremores.


A nomenclatura da doença de Parkinson surgiu através do Médico Cirurgião Inglês que desvendou essa doença, chamado de James Parkinson, em seu primeiro artigo publicado no século XIX.


Para o Médico, essa doença era simplesmente resumida em (Movimentos involuntários e tremores, diminuição muscular e propensão a curvar o tronco para frente).


Diagnóstico de Parkinson


O diagnóstico do Parkinson é feito através do histórico clínico do paciente e de exames Neurológico, sendo realizado uma investigação na qual é um desafio para os especialistas devido seu difícil diagnostico.


O diagnóstico do mal de Parkinson é iniciado em consultório, em que o médico avalia a presença da rigidez nas pernas, braço e tronco, presença de tremores, redução dos movimentos e instabilidade na postura.


Principal causa da doença de Parkinson


A morte das células no cérebro é sua principal causa do surgimento dessa doença, tendo a produção de dopamina afetada, um neurotransmissor responsável pelo controle desses movimentos.


Fatores que contribuem para doença de Parkinson


  • Genética

  • Idade avançada

  • Sedentarismo

  • Gênero de sexo


Principais sintomas do Parkinson


  • Modificação da postura

  • Apatia facial

  • Tremores

  • Músculos rígidos e falta de equilíbrio


Para o perfeito funcionamento de nosso cérebro, é importante que os mensageiros químicos estejam alinhados, é o caso da dopamina, dentre outras funções, esse neurotransmissor é responsável pelo sentimento de prazer e da coordenação motora, uma vez afetados, o corpo tende a perder o seu equilíbrio de forma gradual.


Alteração no comportamento


A doença de Parkinson é caracterizada pelas alterações motoras, mas não sendo aplicado como uma regra, uma vez que outros problemas podem estar associado que não tem ligação nenhuma com os tremores, é o caso da demência, alucinações, alterações do sono e o comprometimento da parte cognitiva.

Distúrbio do sono


Evolução da doença de Parkinson


A evolução do mal de Parkinson atinge cada pessoa de maneira diferente, como exemplo, podemos observar que algumas pessoas que sofrem com essa doença ainda sim conseguem praticar atividade física, enquanto outras, encontram grandes dificuldades até para se locomover dentro de casa.


Tratamentos da doença de Parkinson


Ainda que não existe uma cura para a doença de Parkinson, ainda sim é possível controlar o seu avanço através de medicamento e algumas técnicas, freando sua evolução.


O tratamento dessa doença pode ser através de remédios, psicoterápico, cirúrgico, fisioterapia e terapia ocupacional.


Remédios


Logo no início do tratamento, os médicos receitam remédios que aumentam os níveis de dopamina no cérebro.


Psicoterápico


O Parkinson é uma doença neurodegenerativa e possui como diagnostico característico a presença do Parkinsonismo, sendo este um dos quadro clínico dessa doença, sendo assim, a neuropsicologia pode ajudar no tratamento dessa doença.


Cirúrgico


No procedimento cirúrgico é colocado uma espécie de marca-passo na região do cérebro, com o propósito de reduzir as alterações motoras.


Fisioterapia


Sessões de fisioterapia Domiciliares são fundamentais na recuperação do paciente, uma vez que esse atendimento contribui para retardar a rigidez dos músculos, evitando possíveis atrofia.


Terapia Ocupacional


Durante o tratamento da doença de Parkinson, a terapia ocupacional tem suma importância na recuperação do paciente cuidado, devido ao estimulo da parte cognitiva, promovendo a independência nas atividades de rotina e assim reintegra-lo.


Fonoaudiologia


O acompanhamento Domiciliar de uma profissional fonoaudióloga ao tratamento do Parkinson, tem sua importância devido a utilização de técnicas através dos exercícios que revigoram a musculatura da região do rosto, pescoço e garganta.


A empresa de Home Care


Os Cuidadores em Porto Alegre que atuam na empresa de Home Care Assis Care prestam um atendimento focado na melhoria da qualidade de vida do paciente que sofre com o Parkinson, tudo isso para garantir uma assistência de Cuidados do mais alto nível na cidade Gaúcha.



61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo